"Alimento sem Veneno”


Agrotóxicos com comprovada ação deletéria à saúde tem venda livre neste país. Alguns foram criados em programas de guerra química, com evidentes objetivos nefastos, outros para destruir espécies que atrapalham na obtenção do lucro máximo, também desrespeitando a espontaneidade da vida interativa nos diversos ecosistemas. De presença camuflada, ingerimos os venenos sem ter a chance de escolha, já que não há informação de que tipo de veneno foi usado na produção.Também não estão disponíveis exames médicos de massa para verificar a concentração dos mesmos em nossos órgãos. Análises biofísicas utilizando o fenômeno da ressonância pelo idêntico detectam a presença de agrotóxicos em áreas doentes do corpo em quantidade significativamente maiores do que em áreas sãs do mesmo indivíduo, sugerindo uma participação direta ou indireta no adoecimento, não importando o tipo de doença. Também foram observados relação linear entre piora da doença e aumento do acúmulo de tais agrotóxicos em áreas específicas. O Projeto Genoma nos libertou da obrigatoriedade da doença genética, precisamos ser reféns dos tóxicos ambientais? Órgão regulamentadores são ineficazes frente ao volume de químicos novos lançados no mercado além de pressões diversas.

Queremos leis que protejam o direito à informação, o direito à saúde de todas as espécies, enfim que proteja o nosso planeta. Que sejam permitidos apenas os químicos que comprovem serem inócuos à todos os seres vivos e ao ambiente. O que destroi um não pode ser bom para outro! Que leis de proteção ambiental aprovadas em um país sejam adotadas pelos demais, afinal somos todos iguais!

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square